"Quem não lê, não quer saber; quem não quer saber, quer errar" - Padre António Vieira

01
Nov 09

 
 
Para atravessar contigo o deserto do mundo
Para enfrentarmos juntos o terror da morte
Para ver a verdade para perder o medo
Ao lado dos teus passos caminhei

Por ti deixei meu reino meu segredo
Minha rápida noite meu silêncio
Minha pérola redonda e seu oriente
Meu espelho minha vida minha imagem
E abandonei os jardins do paraíso

Cá fora à luz sem véu do dia duro
Sem os espelhos vi que estava nua
E ao descampado se chamava tempo

Por isso com teus gestos me vestiste
E aprendi a viver em pleno vento



Sophia de Mello Breyner Andresen 
Livro Sexto (1962) 

publicado por hpmr-palavras às 22:00

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30


HORA ACTUAL
CONTADOR DE VISITAS
casinos
casino
QUANTOS ESTÃO ONLINE?
online
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO